Quem está comprando um imóvel, sabe que até a entrega das chaves são muitas etapas que devem ser concluídas. O grande número de informações pode confundir um pouco, imagina entender qual é a finalidade de cada documento.

Entre essas infinidades de papéis, um dos documentos mais falado é o Habite-se, ele é fundamental para aquisição de um imóvel. A seguir, vamos explicar a importância e como solicitá-lo.

O que é o Habite-se?

Em uma linguagem mais técnica, ele é o auto de conclusão de obra. Ele que atesta a habitabilidade de um imóvel, seja para fins de uso residencial ou comercial.

Quando termina a construção da obra ou ela está em um estágio avançado que é possível de análise, o proprietário do empreendimento – pessoa física ou jurídica (construtora) – faz a requisição na prefeitura do município. Depois é aguardar a vistoria necessária para aprovação.

A vistoria do imóvel é realizada pelo órgão competente da prefeitura e acompanhada por um engenheiro civil, eles irão verificar se o empreendimento foi reformado ou construído de acordo com as legislações municipais e principalmente, com o Código de Obras.

A avaliação consiste em observar detalhes relativos ao projeto inicial e à obra apresentada, com objetivo de conferir se ambos estão de acordo. Caso haja irregularidades, a prefeitura irá exigir a resolução do problema. Se não, a certidão do Habite-se será emitida em alguns dias.

O que é preciso para solicitar o Habite-se?

Ao comprador do imóvel

Se está comprando um imóvel seja na planta, novo ou usado, também deve solicitar a certidão de Habite-se, para garantir que o mesmo esteja de acordo com as normas de construção, e seguro para moradia.

Caso não exista esse documento, o imóvel estará em condições irregulares na prefeitura o que poderá gerar multas futuramente. Outro problema gerado pela falta da certidão é a desvalorização do imóvel, para futuras negociações de aluguel ou venda.

Ao proprietário do imóvel

Para solicitar a certidão do Habite-se, o proprietário do imóvel ou a incorporadora devem ter consigo a documentação que apresenta a regularidade da construção, perante as empresas de serviço de água e energia elétrica. Também o documento de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), ele atesta que a obra segue as normas de segurança contra incêndios.

Quando devo solicitar o Habite-se?

Antes da assinatura do contrato, no caso de imóvel novo ou usado, o proprietário já deve ter esse documento em mãos. Se o imóvel estiver em construção (na planta), o futuro comprador pode pedir à construtora o número de matrícula do imóvel a ser entregue. Com essa informação, é possível acompanhar as condições da documentação do imóvel na prefeitura.

Na entrega de chaves, pode ser solicitado pela incorporadora ou construtora a certidão. A grande maioria das entidades financeiras, exigem o Habite-se para conceder o empréstimo.

Quanto custa o documento do Habite-se?

O Habite-se é um documento municipal, o valor irá variar em cada prefeitura. Existem algumas que não cobram pela sua emissão, outras que já cobram um valor alto.

Se está comprando um imóvel na planta, a construtora costuma incluir no valor do imóvel todas as licenças necessárias, inclusive o Habite-se. Mas se o seu contrato de construção não prevê esse tipo de despesa, você – proprietário – é quem deve arcar com as taxas de emissão.

Ainda tem dúvidas sobre o processo de compra de um imóvel? Baixe agora o nosso “Manual Para Comprar Imóveis sem Estresse”.

2 comentários

    1. Olá Suely, tudo bem?

      Ficamos muito felizes em saber que ajudamos de alguma forma, estamos sempre tentando trabalhar com conteúdos relevantes para vocês.

      Abraços,

      Pâmela Dornas

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: