Tecnologia pode trazer valor agregado ao imóvel, mas o investimento é alto.

A procura pela automação residencial tem crescido a cada ano no Brasil. A Associação Brasileira de Automação Residencial (Aureside) divulgou alguns dados sobre este serviço no país.

  • Entre 2014 e 2020, estima uma projeção de crescimento anual de 11,36%.
  • Atualmente, cerca de 300 mil casas possuem automação residencial no país. Porém, o potencial atual para fornecimento de equipamentos é para 1,8 milhão de casas.

Com números tão otimistas, será que compensa mesmo investir na automação residencial para vender o seu imóvel?

Antes de ver seus prós e contras, vamos entender melhor como ela funciona.

Automação residencial

Já pensou controlar tudo na sua casa apenas com um toque?

Assim funciona um sistema de automação residencial. Com um tablete ou smartphone, você pode controlar várias atividades no seu imóvel. Como controlar o consumo, temperatura, iluminação, água da piscina, sistema de irrigação, televisão, som e por aí vai.

A tecnologia permite que sensores ajustem automaticamente a temperatura do imóvel, conforme o clima externo, programando a abertura das persianas e o ar condicionado. Para a segurança, existem sensores de presença, de abertura de portas e janelas, sensores biométricos, dentre outros. Tudo isso com a facilidade do controle à distância.

Investir ou não na automação?

Não há como negar que existem vários aspectos positivos para investir na automação, como o conforto, segurança e praticidade. No quesito segurança, é possível investir em sistemas como alarmes contra roubos, aviso de vazamento de gás ou falhas elétricas.

Outro ponto importante é a economia, porque a energia é somente utilizada quando necessária. A iluminação é ajustada conforme a luz do dia, por exemplo.

Apesar dos benefícios, o mercado imobiliário tem sentido bastante os reflexos da crise econômica e política no país. O crédito está limitado e os juros em alta, o que reflete diretamente nas vendas.

O investimento é um pouco alto, nesta época de recessão econômica, não irá agregar valor ao imóvel como realmente deveria. Se o mercado estivesse em situação normal de crédito, a automação ajudaria a valorizar ainda mais a venda.

Existem perspectivas de melhora para o mercado imobiliário. Entre dois e três anos, talvez volte a valer a pena investir na automação residencial. Por enquanto, é interessante investir em coisas essenciais para vender um imóvel, como uma pintura nova.

Mesmo que não seja o momento ideal para investir na automação residencial, este é o mercado que ainda tende a crescer bastante nos próximos anos. Ela poder ser um grande diferencial para atrair clientes para fechar o negócio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: