As notícias sobre o programa Minha Casa Minha Vida não param de repercutir. O governo já fez várias mudanças e no dia 03/06, o Ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou a liberação da construção de mais de 11 mil unidades para a modalidade entidades. Esta modalidade havia sido suspensa desde o dia 17/05.

Desde que foi anuncia a suspensão da modalidade, circularam até boatos que o programa Minha Casa Minha Vida seria completamente suspenso.

Na modalidade entidades, ONGs e associações compostas pelas famílias beneficiadas fazem a gestão de todo o processo do planejamento até a execução da obra. Mais 13.900 unidades habitacionais ainda devem ser anunciadas para essa modalidade.

Como ficará a Fase 3 do Minha Casa Minha Vida?

O lançamento da nova fase foi anunciada no final de março pela presidente Dilma Roussef, o governo se comprometeu a entregar mais de dois milhões de imóveis até o final do ano de 2018.

A principal novidade da 3ª fase do programa seria o novo estabelecimento de uma nova faixa de renda. Também foram anunciadas novas exigências quanto à qualidade dos imóveis entregues pelo programa.

A nova faixa de renda seria uma espécie de faixa intermediária entre a 1 e a 2 e é chamada oficialmente de faixa 1,5. Ela incluiria famílias com renda entre R$ 1800 e R$ 2350 por mês. Para os imóveis, a nova faixa de valores ficaria entre R$ 86,4 mil e R$ 135 mil. Os juros para essa faixa seriam de 5% ao ano e o valor do subsídio pago pelo governo poderia chegar a até R$ 45 mil.

As exigências quanto à qualidade do imóvel estão relacionadas com a metragem mínima passaria para 41m², incluindo também um conforto acústico e térmico. Para a sustentabilidade, cada unidade habitacional ficaria obrigada a ter no mínimo duas árvores.

Quando Michel Temer assumiu a presidência e nomeou o novo ministro das cidades, foi declarado que o governo não tem condições financeiras de realizar a 3ª fase do programa como foi prometido. Por isso, deveram ser anunciadas novas mudanças na estrutura.

 O que esperar do programa Minha Casa Minha Vida

Como falamos, o governo deixou bem claro que não de manter o programa com as condições prometidas pela presidente Dilma, mas garantiu também que o programa não será suspenso. De acordo com o ministro das Cidades, está sendo analisada a situação do ministério como um todo, para poder anunciar como os programas deverão seguir.

As novidades ainda devem ser apresentadas e falaremos delas aqui na nossa coluna Por dentro do Mercado imobiliário. Acompanhe nosso blog e redes sociais e fique por dentro das novidades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: