O seguro residencial é uma boa opção para quem deseja evitar imprevistos e proteger seu imóvel de acidentes. A procura desse serviço normalmente é solicitada para cobrir danos por incêndio, roubos, acidentes elétricos e fenômenos naturais.

Se tem interesse em contratar esse tipo de assistência, confira algumas dicas que separamos para entende melhor esse serviço.

Para que serve o seguro residencial?

O seguro é um produto com cobertura para vários riscos, ele oferece um conjunto de seguros em uma única apólice. Normalmente, os planos mais simples cobrem acidentes como incêndio e explosões.

O ideal é que o seguro atenda a sua necessidade residencial, por isso é possível contratar o seguro complementar. Nele está incluso seguro antifurtos, desmoronamentos, impacto de automóveis e até de responsabilidade civil.

Antes de contratar o serviço, sugere-se conversar com um consultor qualificado, para analisar seu perfil e as condições do imóvel.

Qual é o preço do seguro residencial?

Comparando a outras categorias desse estilo de serviço, o seguro residencial está entre os mais acessíveis. A média de um plano simples, não ultrapassa 0,5% do valor do imóvel, podendo chegar a 1% com um pacote adicional completo.

Por exemplo, um imóvel avaliado em 400 mil reais, o plano mais básico ficaria em média de R$ 600 anuais, que pode ser dividido em até 12 parcelas, com o plano mensal de R$50,00. Esse valor é muito menor que um seguro de automóvel que pode chegar a 10% ou mais do valor total de um carro, ou aparelho celular, que pode atingir quase 50% do seu valor.

Seguro residencial, vai além dos bens materiais

Há uma modalidade do seguro que server para cobrir prejuízos causados a outras pessoas involuntariamente, por você ou quem mora ou trabalha no seu imóvel. Por exemplo, quem contrata empregada doméstica, a seguradora arca com os custos caso esse profissional sofra algum acidente durante o trabalho.

Animais de estimação são imprevisíveis, e por isso podem eventualmente reagir e ferir um prestador de serviço como carteiros ou o técnico da TV. Essas ocorrências também estão cobertas pelo seguro de responsabilidade civil.

Diferencias importantes no seguro residencial

O seguro não serve apenas para proteger de grandes catástrofes. Um serviço que vem crescendo em oferta pelas seguradoras é sua assistência doméstica.

Esse tipo de contrato inclui serviços como encanador, chaveiro, eletricista e reparos rotineiros na casa, podendo ser uma boa relação custo-benefício.

Em busca de se diferenciar no mercado, algumas empresas agregam ainda serviços como limpeza de caixa d’água, conserto de telhado, reparo de móveis e vários outros atrativos.

Precisei acionar o seguro residencial. E agora?

Caso aconteça algum acidente que atingiu seus bens, será preciso acionar o seguro. Antes de mais nada, verifique se o seu contrato cobre aquele tipo de dano. Depois disso, certifique que possui guardado todos os comprovantes de pagamento e notas fiscais dos produtos danificados. Isso agilizará o processo de inspeção.

Faça sempre um check-up básico na estrutura da casa para prevenir acidentes. Em caso de vazamentos, por exemplo, a seguradora pode se recusar a pagar o valor do reparo completo se comprovar que ele somente aconteceu por descaso e falta de manutenção hidráulica adequada.

Como pode perceber, o seguro residencial é muito importante para prevenir prejuízos. Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo que acontece no mercado imobiliário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: