O porteiro é o profissional responsável por garantir a segurança do seu condomínio.

Saiba quais são as funções do porteiro em condomíniosA portaria é o local mais movimentado do condomínio, certo? Sim. Afinal, é por ela que moradores, visitantes e prestadores de serviços têm acesso a parte interna do prédio. O profissional responsável por cuidar deste recinto é o porteiro. Ele é quem controla o fluxo de pessoas e garante a segurança dos moradores.

Por ser o responsável por garantir a segurança dos demais, o porteiro precisa ser firme ao tomar decisões e conhecer todas as suas atividades. Sua conduta deve ser padronizada e suas ações tomadas de acordo com as normas internas. Para garantir a ordem, flexibilizações não são recomendáveis. Uma vez que essa prática abre caminhos para que mais moradores tentem burlar as regras, o que pode colocar em risco a segurança de todos.

Em caso de assaltos, o porteiro é o principal alvo inicialmente, já que está à frente do prédio. Por isso, ele precisa estar preparado para lidar com este tipo de situação e agir de forma instruída e sensata.

Basicamente, as atividades do porteiro são baseadas em três tópicos: correspondência, autorização de entrada/saída, e garantir a ordem do local.

A seguir explicaremos cada uma delas, confira:

Correspondência

Tanto as correspondências convencionais, quanto pacotes e afins, chegarão através da portaria de condomínio. Cabe ao porteiro estar apostos para receber, sem permitir entrada no condomínio. Em seguida basta distribuir as cartas, e no caso de pacotes, avisar o respectivo morador sobre a chegada de sua entrega.

Evita-se ao máximo a entrada de estranhos no condomínio. Por isso o porteiro deve primeiro fazer contato com o morador para confirmar a solicitação de entrega. Sugere-se que sempre o morador seja solicitado para buscar alguma encomenda, como entregas de pizza e afins. Dessa forma, dificulta-se a entrada de estranhos, o que gera insegurança e facilidade de acesso aos apartamentos.

Autorização de Entrada/Saída

O porteiro é o responsável por permitir a entrada e saída de pessoas que não moram no condomínio, e essa é uma atividade de grande importância para a segurança e ordem. Sempre que houver alguma visita, alguém que prestará consertos, faxina, e semelhantes, deve-se pedir a identificação antes de ser liberada a entrada. Só após a confirmação por parte do morador e a devida identificação que a entrada poderá ser liberada a pessoa externa, mesmo que essa visite o local com frequência.

É importante flexibilizar o mínimo possível e sempre confirmar se há realmente a espera por parte do morador, sem aceitar que sempre se libere alguém externo ao condomínio.

Ordem do Local

O porteiro deve permanecer na portaria de condomínio o máximo de tempo possível para que não haja descuido e ninguém alerta ao entorno do condomínio. Caso haja alguma anormalidade, o porteiro pode sempre avisar os moradores. Essas anormalidades podem ser elevadores fora de funcionamento, alguma área interditada ou mudança na rotina. Qualquer confusão e ou comportamentos que não sigam as normas de conduta do condomínio podem ser alertadas pelo porteiro, sem sair de sua zona de atuação.

Nunca desvirtue o porteiro de sua função na guarda da portaria de condomínio! Isso o distrai e pode colocar a sua segurança e dos demais moradores em risco.

Fonte: SocialCondo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: